Nuno Simões

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADVRL/PSS/NSIM
Title type
original
Date range
1873 Date is certain to 1984 Date is certain
Dimension and support
8.563 doc.; papel; 1,70 m.l.
Extents
1.7 Metros lineares
Biography or history
Advogado e economista, nasceu em Calendário, freguesia do concelho de Vila Nova de Famalicão, em 30 de Janeiro de 1894.

Frequentou a Universidade de Coimbra onde conclui o curso de direito, em 1913.

Nos dois anos seguintes exerceu advocacia na sua terra natal e no Porto, tendo sido nomeado, em Maio de 1915, Governador Civil de Vila Real, função que manteve até 1917.

Viria posteriormente a ser nomeado secretário-geral do Supremo Tribunal Administrativo, cargo que exerceu até Maio de 1935.

A partir de 1921 foi deputado em várias legislaturas, sendo sempre eleito pelo círculo de Vila Real.

Foi ministro nos anos de 1921, 1924 e 1925, ocupando a pasta do Comércio e Comunicações.

Desenvolveu igualmente importante acção no campo do jornalismo. Iniciou a sua colaboração em jornais diários ainda como estudante em Coimbra. Fez parte da redacção do "Diário de Coimbra", fundando em Lisboa em 1920, o diário "A Pátria", jornal que dirigiu até 1924. Fez igualmente parte do comité de readacção da "Rèvue Economique Internationale". Colaborou com regularidade, entre outros, nas seguintes publicações nacionais e estrangeiras: "Atlântida" (Lisboa); "O Primeiro de Janeiro" (Porto), "O Jornal do Comércio e a República" (Lisboa), "Noticias" (Lourenço Marques), "A Ilha" (Ponta Delagada), "O Observador Económico e Financeiro" (Rio de Janeiro), "Diário de Notícias" (Rio de Janeiro) e "Diários Associados"(Brasil).

Publicou, entre outros, os seguintes trabalhos: em 1915 "Águas Mortas" (crónicas), em 1916 "Gente Risonha" (conferência), em 1931 "As Nossas Relações Económicas com a Inglaterra", em 1932 "Os Vinhos do Porto e da Defesa Internacional da sua Marca", em 1933 "O Ultramar como Fornecedor e Cliente das Indústrias Metropolitanas", em 1934 "O Brasil e a Emigração Portuguesa", em 1935 "Vinhos da Madeira", em 1936 "Pescarias e Conservas de Peixe" e, em 1940, "Os Portugueses e o Mundo".

O seu papel no reforço da amizade luso-brasileira viria a ser reconhecida pelo presidente Getúlio Vargas que o agraciou com um alto grau da Ordem do Cruzeiro do Sul, em consideração aos altos serviços prestados.

Deixando coercivamente o serviço do Estado em 1935, passou a dedicar-se à actividade industrial, exercendo funções de orientador e consultor económico de várias empresas.

Figura destacada da 1ª República nunca chegaria a ser reintegrado no cargo que então execia como secretário-geral do Supremo Tribunal Administrativo.

Em 1968 foi homenageado pela sua terra natal, tendo-lhe entregue a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, a medalha de ouro de reconhecimento pela sua acção de benemérito. Na mesma data recebeu as insígnias de Grande-Oficial da Ordem de Benemerência.

Faleceu em Lisboa a 28 de Julho de 1975.
Custodial history
Desconhecem-se as datas bem como a forma, como a documentação deste fundo chegou à posse do vendedor.
Acquisition information
Documentação comprada pelo Instituto Português do Património Cultural, em 1988.
Scope and content
Correspondência.
Accruals
Tratando-se de um fundo fechado, não se prevê o ingresso de nova documentação.
Arrangement
Classificação funcional.

Ordenação dos documentos, dentro das séries, mediante o critério cronológico.
Access restrictions
Documentação privada, tornada pública após aquisição.
Conditions governing use
Reprodução condicionada pelo fim a que se destina, tipo, tamanho e estado de conservação do documento. Custas: Tabela da DGARQ.
Language of the material
Português
Other finding aid
Inventário ArqBase nível 3.0 (série).
Creation date
4/16/2009 12:00:00 AM
Last modification
8/4/2011 10:18:42 AM